Letra: , 2004.

Música: , 1998.


As aflições são muitas para os justos,
Mas o Senhor, Pai, de todas livrará;
O inimigo, sempre derrotado,
Nunca vai, com seu mal, nos derrubar.
Com a força de nosso Redentor
Nenhum mal a nós sucederá.

Coro

Louvemos, todos, ao Deus Justo e Santo!
Louvemos ao Pai, que sempre nos guardará!

Os justos clamam, e o Senhor os ouve,
Para, aqui, nos livrar da aflição;
Pois, nesta terra, cheia de maldade,
Não há paz sem ter Deus no coração.
Com a força de nosso Redentor
O inimigo de nós fugirá.

Coro

Vivente Deus, ó Pai celeste e Santo,
Guarda-nos todos neste peregrinar;
Pois nós sabemos que nos céus, ó Santo,
Toda glória, a Ti, iremos dar.
Com a força de nosso Redentor
O inimigo iremos enfrentar.

Coro