Letra: (1826-1882); , 2005.

Música: (1836-1899).


A quem sua vida nos fez doaçăo
Subindo ao Lar! Subindo ao Lar!
Onde năo há nenhuma discussăo,
Os irmăos subindo ao Lar.

Refrăo

Subindo ao Lar! Subindo ao Lar!
Tristeza jamais, nunca mais chorar…
Subindo ao Lar! Subindo ao Lar!
Os salvos Subindo ao Lar!

Ao Lar onde năo há escuridăo,
Subindo ao Lar! Subindo ao Lar!
Jesus é luz lá naquela mansăo,
Os irmăos subindo ao Lar.

Refrăo

Para a bela Beulah do Senhor,
Subindo ao Lar! Subindo ao Lar!
Nos braços de infinito amor,
Os irmăos subindo ao Lar.

Refrăo